Manual do paciente oncológico

O que é Quimioterapia

É um tipo de tratamento em que se utilizam medicamentos para combater o câncer.Os medicamentos, em sua maioria, são aplicados na veia, podendo também ser dados por via oral, intramuscular, subcutânea, de acordo com a substância. Estes medicamentos se misturam com o sangue e são levados a todas as partes do corpo, destruindo as células doentes que estão formando o tumor e impedindo,também, que se espalhem pelo corpo.

Como é feito o tratamento?

Na consulta médica você receberá orientações sobre o tratamento que será necessário realizar, e então sua quimioterapia será agendada e você receberá os medicamentos conforme a prescrição médica.

O tratamento é feito na modalidade ambulatorial: o paciente vem da sua residência para receber o tratamento, sem internação.
De acordo com o seu protocolo quimioterápico, serão solicitados exames de sangue antes de cada novo ciclo, sendo orientado previamente pela equipe médica e de enfermagem.
A maioria dos tratamentos são realizado por via Intravenosa, onde os medicamentos serão injetados na veia por meio de um pequeno cateter (na forma de injeções ou dentro de um Soro).

A quimioterapia dói?

Normalmente você irá sentir apenas a “picada” da agulha na pele e o líquido da medicação passando pela sua veia. No entanto, alguns medicamentos podem causar desconforto, queimação, ardência e até coceira. Se você sentir algum destes sintomas, informe ao profissional de enfermagem que estiver lhe atendendo.

Posso ingerir outros remédios e bebidas alcoólicas?

Caso tenha outros problemas de saúde como hipertensão, diabetes, depressão etc e utilize outros medicamentos, informe ao seu médico. A princípio, não interrompa o uso destas medicações, mas seu médico deve ter conhecimento. É aconselhável evitar o consumo de bebidas alcoólicas durante o tratamento, porém não é proibido.

Efeitos colaterais
Entre os principais efeitos colaterais estão:
Queda do cabelo: ela pode ser total ou parcial e leva em torno de 14 a 21 dias para acontecer. Este efeito é temporário e reversível, logo que termine o tratamento, o cabelo volta a crescer. É importante ressaltar que não são todas as quimioterapias que causam queda do cabelo. Pergunte ao seu médico ou à equipe de enfermagem.

Constipação: pode ocorrer dificuldade para evacuar ou retenção de fezes. É recomendado uma alimentação mais rica em fibras e ingestão de líquidos em maior quantidade.

Diarreia: pode ocorrer alteração na frequência e consistência das fezes. É recomendado uma alimentação pobre em gorduras e condimentos e ingestão de líquidos em maior quantidade. Caso a diarreia persista, procure seu médico.

Feridas na boca: pode ocorrer o aparecimento de feridas tipo aftas na cavidade oral. É recomendado que você observe sua cavidade oral diariamente e a mantenha sempre limpa, utilizando escovas dentais com cerdas macias e escovação suave. Evite alimentos muito ácidos e condimentados. É recomendado o uso de Nistatina solução oral: bochechar e engolir (5ml, 3 a 4 vezes ao dia). Mastigar lascas de gelo durante a infusão das medicações pode ajudar a diminuir a incidência das feridas.

Enjôo e Vômitos: a ação dos medicamentos pode causar irritação na mucosa gástrica, assim, causando náuseas. É recomendado o uso de medicamentos conforme orientação médica (Vonau 8mg a cada 8 horas; Plasil 10mg a cada 6 horas); evitar alimentos gordurosos e condimentados; procure se alimentar mais vezes ao dia em pequenas quantidades; prefira alimentos frios ou em temperatura ambiente; evite esforços físicos após as refeições.

Hiperpigmentação: Alguns medicamentos podem causar escurecimento da pele, principalmente no trajeto das veias e unhas, sendo aumentados com a exposição ao sol. É recomendado utilizar protetor solar (mínimo fator 30) nas regiões expostas ao sol; evitar exposição ao sol das 10 às 16h; utilizar chapéu.

Anemia, leucopenia e trombocitopenia: As medicações quimioterápicas além de destruírem as células doentes, acabam atingindo as células sadias também, sendo as sanguíneas as mais afetadas. Assim, algumas taxas sanguíneas podem diminuir causando sintomas como cansaço, falta de ar, palidez, febre, manchas roxas e avermelhadas na pele e sangramentos. É recomendado evitar ambientes fechados e aglomeração de pessoas; evitar contato com pessoas doentes (gripe, herpes, rubéola etc); Lavar as mãos antes das refeições e antes e após ir ao banheiro; Não retirar as cutículas das unhas; não realizar procedimentos invasivos sem um exame recente (Ex.: procedimentos dentários); Manter boa higiene oral e corporal; manter uma dieta saudável, rica em legumes, verduras e frutas; aumentar a ingestão de líquidos, principalmente água; verificar a temperatura corporal sempre que perceber alguma alteração.

É recomendado procurar o hospital em caso de: Febre acima de 37,8°C; manchas avermelhadas na pele; sangramentos; palidez e cansaço aos pequenos esforços.

Considerações Importantes

  • No dia da quimioterapia não marque compromissos, pois algumas medicações têm tempo para infusão, podendo ser demorado. Além disso, neste dia você precisará de descanso.
  • Faça uma refeição leve antes da quimioterapia. Não venha em jejum.
  • Você poderá ingerir alimentos durante a infusão das medicações, bem como, ingerir bebidas como água, sucos, chás, conforme o seu gosto.
  • Antes da realização de qualquer vacina, faça contato com seu médico para saber se não estão contraindicadas.
  • Procure levar sua vida de forma natural, sem se afastar de suas atividades habituais e sem perder as atividades de lazer.

Mais artigos